"Uma coisa tenha custe o que custar: PALAVRA; outra coisa não tenha nunca: UM PREÇO (Dona Isaura)

sábado, 19 de março de 2011

O Negro na Política 2011

PH Ferreira



Vereador João Mendes
É com muita satisfação que posto, uma palavra do vereador João Mendes que discerne sobre a uma das questões fundamentais para a inserção dos homens e das mulheres negros na sociedade brasileira é o seu acesso na política partidária. Os partidos, as agremiações políticas são de suma importância para qualquer país, porque é neles que se elaboram os programas sociais e econômicos, bem como as diretrizes para um futuro governo, além da construção de ideologias.



            Os partidos representam as diversas correntes políticas que se confrontam, em busca de alianças e do poder. Portanto, se não houver políticas de inclusão dos negros nos partidos as oportunidades para que eles possam ser candidatos ou também ter acesso ao controle administrativo das máquinas partidárias serão muito pequenas ou quase nada.



           Sabedores dessa realidade, os partidos trabalhistas e de esquerda logo após a redemocratização do País nos idos de 1982, quando tivemos no Brasil as primeiras eleições livres para governadores, abriram as portas para os negros e outras minorias, o que não foi o suficiente para que houvesse a igualdade racial, que é intrínseca à igualdade de oportunidades.


Esse processo ocorreu e ocorre porque, mais do que abrir as portas, os partidos, mesmo os de esquerda, devem formular planos que insiram os negros de forma mais pontual e específica, no sentido de eles entenderem, por meio de conscientização e propaganda, que ser despolitizado, que abrir mão da política partidária é a mesma coisa que dar um cheque em branco para outro decidir por você, para outro pensar e resolver a vida por você, quando na verdade a luta pelo poder tem de ser compartilhada, a fim de atender as demandas e os interesses de todas as etnias e diferentes grupos sociais e econômicos.


            O Partido Republicano Brasileiro (PRB), pelo qual conquistei mandato de vereador da cidade do Rio de Janeiro, está a estudar e analisar planos e estratégias para que sejam inseridos em seus programas de governo, bem como em seu estatuto uma melhor maneira de atrair ao partido cidadãos negros que queiram participar da política partidária. 


Afinal, quase metade da população brasileira é composta por negros; e o Rio de Janeiro é um dos estados brasileiros que têm mais negros em seu tecido social. O PRB está de portas abertas.






*João Mendes de Jesus é vereador pelo PRB do Rio de Janeiro/RJ.

Nenhum comentário: