"Uma coisa tenha custe o que custar: PALAVRA; outra coisa não tenha nunca: UM PREÇO (Dona Isaura)

quarta-feira, 9 de março de 2011

Os possíveis candidatos a prefeito de Florianópolis

Deputado Federal Paulo Bonhausen (PSD)

A política é uma caixinha de surpresa. Hoje o partido com força política é o PSD, que agrega o apoio do governador Raimundo Colombo e demais forças da capital como o deputado federal Paulinho Bonhausen

Após o resultado das eleições de 2010, podemos visualizar um possível cenário para a sucessão em Florianópolis, isto porque os indicativos eleitorais, demonstram uma paridade entre os candidatos mais votados na capital.  Na Assembléia Legislativa o deputado César Souza Junior (PSD) eleito pela Tríplice Aliança fez  19.743 votos na capital, a deputada Ângela Albino (PCdoB) eleita pela coligação "A favor de SC" fez 19.003 votos.

Há meu ver, um empate técnico entre estes dois candidatos. O deputado Cesar Souza dá um passo importante ao aceitar o cargo de Secretário de Cultura e Esporte do governador Colombo, foi uma sinalização favorável a reedição da Tríplice Aliança na capital, haja vista o apoio dos parlamentares eleitos por esta coligação e 2014 será um ano favorável ao esporte brasileiro em função da copa do mundo no Rio de Janeiro...todas as funções ligadas ao esporte estarão em evidência.

Já a deputada Angêla Albino tem a seu favor a força e o carisma da presidente eleita Dilma Roussef (PT), que manteve o Ministro Orlando Silva (PCdoB) de seu partido na pasta de esporte.

Visto que, o PT, com a Ida da senadora Ideli Salvatt para o Ministério da Pesca   não dispõe de "um nome de peso" na capital para o confronto, a deputada certamente sai na frente em uma possível composição dos partidos da base do governo federal (evidentemente tirando o PMDB).

 Deputada Angêla Albino PCdoB: 19.003 votos em Florianópolis

Secretário Estadual de Esportes e Cultura César Souza Junior: 19.743 votos em Florianópolis


Tudo indica uma repetição do quadro Eleitoral de 2008, quando na oportunidade os dois candidatos acima, acirraram a disputa com o atual prefeito Dário Berguer (PMDB), que no final, levou a melhor.

Para sua sucessão o prefeito aposta suas fichas no ex-vereador Gean Loureiro (PMDB), que fez expressivos 31.028 votos em Florianópolis em sua candidatura a deputado federal em 2010 e ficando na suplência. Teria assumido a cadeira se não fosse a intercessão de Dário Berguer para nomea-lo seu Secretário Chefe de Governo, fazendo uma analogia ao ex-presidente Lula com a época Ministra Chefe da Casa Civil e hoje presidente eleita Dilma.

Quando se fala de Florianópolis, não devemos deixar de citar a força da familia Amim,  visto que, o deputado federal Espiridião Amim foi o mais votado em Florianópolis e a candidata Ângela Amim, mesmo com todo o desgaste político causado pela vice ao PDT, derrotou o governador Colombo em Florianópolis com uma diferença de 4.715 votos.

A família Amim será sempre uma concorrente a qualquer candidato, uma vez que, tanto o deputado federal eleito Esperidião Amim, quanto a ex-deputada federal e candidata derrotada ao governo, Angêla tem carisma e habilidade para transferir votos para o seu filho e herdeiro político, o vereador Amim Filho ou para outro candidato em uma composição de Vice-prefeito. Penso que se eles (a família Amim) não vierem com candidatura majoritária, serão certamente os fiéis da balança.

Forte abraço

Paulo Henrique - PH






Nenhum comentário: