"Uma coisa tenha custe o que custar: PALAVRA; outra coisa não tenha nunca: UM PREÇO (Dona Isaura)

domingo, 15 de maio de 2011

Novos partidos e antigas oligarquias....

De dois em dois anos o "fantasma da reforma política" assombra os alicerces da política...

É impressionante os grupos de "caça fantasma" que divergem da idéia...

Reforma política, reforma tributária...apimentam o momento político que antecede o momento eleitoral...tal como uma gestação requer todo cuidado, para que a mãe  tenha um bom parto 

Foi em períodos como este que surgiu o PRB de "Zé Alencar" em 2005.

Cada grupo defende seus interesses...a novidade da vez é o Partido Social Democrático PSD.

O PSD foi um partido político, fundado na década de 40 e extinto pelo governo militar na década de 60, tinha como numero de registro o 41.

Naquele momento político, após a extinção e formação do bi-partidarismo, os membros do PSD se dividiram e uma ala formou o Movimento Democrático Brasileiro - MDB e a outra aderiu a Aliança Renovada Nacional - ARENA, este último apoiava o regime militar, de maneira que, ficou claro que o PSD daquela época, era um verdadeiro "balaio de gatos".

A pergunta dos poucos eleitores que hoje, possuem o voto facultativo, e que um dia, tiveram a felicidade de votar do PSD antes de sua extinção em 1965 é esta?

O que o PSD de Kassab, Bonhausen, Índio da Costa entre outros, tem a ver com o PSD pró-getulista daquela época?

Não precisa responder....apenas reflita.

Forte abraço.

PH







Nenhum comentário: